Os supermercados estão recheados de produtos “sem lactose” e todos nós conhecemos alguém que se diz “intolerante à lactose”. Mas afinal o que é a lactose? E o que é isto de ser intolerante? Vem descobrir!

1- A lactose é conhecida como “o açúcar do leite” e para ser absorvido, este açúcar tem de ser dividido nos seus componentes mais básicos, a glicose e a galactose.

2- Essa “divisão” é da responsabilidade de uma enzima intestinal, a lactase, presente em todos os mamíferos, pelo menos durante um período da sua vida. Ter deficiência de lactase significa que o organismo não produz lactase em quantidade suficiente para digerir completamente o açúcar do leite.

A lactose que não é digerida quando chega ao intestino grosso é absorvida e fermentada por bactérias intestinais, fermentação esta que contribui para a produção de lactato (ácido lático) e de gases, tais como o metano e o hidrogénio – principais responsáveis pelos sintomas de intolerância à lactose, causadores de mal-estar.

3- Existem vários tipos de intolerância à lactose:

Intolerância à Lactose Congénita: quando, por razões genéticas, o recém-nascido nasce sem a enzima lactase.

Intolerância à Lactose Primária: ausência total ou parcial de lactase, que se desenvolve em diferentes idades.

Intolerância à Lactose Secundária: surge no seguimento de uma patologia gastrointestinal que tenha danificado as vilosidades intestinais, diminuindo, por este motivo, a absorção de lactose.

4- É muito importante que saibas que estas intolerâncias existem! No entanto, não deves excluir nenhum grupo de alimentos da tua alimentação sem consultares um profissional de saúde que te ajude a compreender os teus sintomas e a fazer as substituições corretas.