Cozinhar por vezes é um tormento, mas na verdade é algo que tem de ser como um acto de meiguice, de CAUTELA e de CUIDADO. A forma como cozinhamos vai mostrar o que somos e como agimos perante os alimentos.

Se colocamos mais azeite na comida, mais sal ou em excesso outra especiaria ou ingrediente, vamos tornar o alimento rico em calorias, salgado e muitas das vezes saboroso ao paladar mas doloroso à saúde. A forma como cozinhamos torna o prato mais rico ou mais pobre nutricionalmente.

O primeiro passo para um estilo de vida mais saudável é começarmos a fazer boas escolhas alimentares, criarmos novos hábitos, começando por exemplo na forma de confeccionar os alimentos.

Todas as pessoas acham que ser saudável implica comer apenas cozidos e grelhados, o que não é verdade: – Pensem num refogado, nós metemos azeite no fundo da panela para não agarrar e para dar molho, mas na verdade a carne acaba por absorver esse azeite, então pensem de outra forma, colocamos a colher de azeite, colocamos cebola e tomate e, no fundo para não agarrar, um bocadinho de água e voilá – Molho devido à água que é libertada da cebola e do tomate e gordura da própria carne colocada.

Há muito mais dicas destas que eu vou começar a dar ao longo deste percurso e, que vou acabar por vos mostrar que não é necessário sermos o “típico azeiteiro português” ou usar natas e natas para conseguirmos ter um prato super saboroso.

Percebam que a forma como somos na cozinha, como confecionamos os pratos pode dar uma volta completamente diferente ao nosso corpo e à própria refeição.

Descompliquem o que não é complicado!

Vamos começar já hoje a mudar hábitos?