Aos 19 anos tinha 88kg e queria ter 65, querer não basta, temos de fazer. Percebi que a minha saúde não era igual com aquele peso, que a minha doença (que mais tarde falarei) estava a piorar à medida que o meu peso aumentava. Devido à minha patologia deixei de fazer desporto e continuei a comer exatamente as mesmas quantidades que comia enquanto praticava exercício.

Não podemos querer ingerir calorias iguais, A MINHA VIDA TINHA MUDADO, eu tinha ficado sedentária e o meu metabolismo basal (fiquem atentos porque irei falar disto) tinha ficado diferente, logo o défice calórico para perda de peso também tinha de ser diferente. Não me servia de nada querer mudar o peso se não mudava o meu comportamento perante a comida, a minha compulsão alimentar, as minhas quantidades alimentares.

Quando temos um OBJETIVO temos de perceber que ele não se concretiza vindo do céu, sem esforço e sem mudança. Se tu que estás aí precisas de ajuda porque não o consegues fazer sozinha, procura alguém da área, certamente te irá encaminhar da melhor forma e irás conseguir com ajuda chegar ao teu objetivo.

Sem esforço, dedicação e mudança não existem resultados, faz de ti uma pessoa melhor e dedica o teu tempo ao teu bem estar.

Vamos começar hoje?